Venezuela envia ao Equador mais um avião com ajuda as vítimas do terremoto

Caracas, 23 abr (EFE).- Um quinto avião com ajuda para as vítimas do terremoto que afetou o Equador há uma semana partiu hoje da Venezuela com especialistas em estruturas colapsadas, médicos e paramédicos, informou o ministro de Interior venezuelano, Gustavo González.

O grupo substituirá socorristas e médicos enviados nos primeiros quatro voos, e com isso seguirá no Equador "uma força humanitária de 176 homens", precisou o ministro aos jornalistas após a decolagem da aeronave que saiu do Aeroporto internacional Simón Bolívar, em Caracas.

González comemorou o fato de a equipe venezuelana ter recuperado nas últimas horas "quase 90%" dos equipamentos e materiais de um hospital pediátrico destruído da cidade de Bahía de Caráquez na província de Manabí, onde está a maior parte das vítimas do terremoto.

Conforme os balanços oficiais equatorianos mais recentes, o tremor de magnitude 7,8 na escala Richter matou 646 pessoas e deixou 12.492 feridas. Ao todo, 130 permanecem desaparecidas. Um total de 113 pessoas foram resgatadas com vida e 26.091 estão em abrigos de emergência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos