Colégios eleitorais para eleições parlamentares na Sérvia fecham as portas

Belgrado, 24 abr (EFE).- Os colégios eleitorais na Sérvia fecharam neste domingo às 20h (15h, em Brasília), após 13 horas de votação nas eleições parlamentares antecipadas, realizadas dois anos antes do previsto.

Segundo a Comissão Eleitoral (RIK), a participação chegava a 47,68% duas horas antes do fechamento das urnas.

A jornada eleitoral transcorreu com normalidade e sem irregularidades de importância.

Cerca de 6,7 milhões de cidadãos da Sérvia foram chamados às urnas para escolher os 250 deputados do parlamento nacional entre 20 partidos e coalizões.

As pesquisas prévias à votação davam uma ampla vitória ao primeiro-ministro, Aleksandar Vucic, e seu Partido Progressista Sérvio (SNS), com uma estimativa de 50% dos votos.

As eleições foram convocadas dois anos antes do que o previsto, segundo Vucic para dar um novo impulso às reformas que o país enfrenta como candidato a entrar na União Europeia.

Seu objetivo é completar os requisitos necessários até o ano de 2020, quando termina o mandato do novo governo.

Muito abaixo do SNS está o Partido Socialista da Sérvia, membro da coalizão no governo interino, com 11,4% de apoio, segundo as pesquisas.

Após anos de ausência, deve volta ao parlamento o anti-europeu e extremista Partido Radical Sérvio (SRS), liderado por Vojislav Seselj, que seria a terceira força mais votada, com até 8,2%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos