Ventania e chuva de granizo deixam 2 mortos em Mianmar

Bangcoc, 24 abr (EFE).- Pelo menos duas pessoas morreram em Mianmar após uma tempestade de granizo e a passagem de fortes ventos, que também causaram danos em infraestruturas e em mais de mil templos religiosos.

As tempestades afetam desde quinta-feira à região central do país, onde caiu a maior chuva de granizo dos últimos 50 anos, de acordo com o jornal oficial "The Global New Light Of Myanmar".

Uma das vítimas é um homem de 35 anos, que morreu em Ywangan, atingido pela queda de um poste de luz, que também feriu outras duas pessoas. A segunda vítima é uma mulher de Monywa, que morreu depois que uma árvore caiu na sua casa.

A tempestade também danificou 1.700 templos budistas no estado Shan, todos parte de um complexo de quase 2.500 estruturas construídas no século 16.

Mianmar e grande parte do sudeste asiático estavam vivendo uma época de grande seca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos