Atentado suicida em Damasco mata 15 mortos e 80 feridos

Damasco/Cairo, 25 abr (EFE).- Pelo menos 15 pessoas morreram nesta segunda-feira e mais de 80 ficaram feridas após a explosão de um carro-bomba conduzido por um suicida perto de um santuário xiita, nos arredores do sul da capital síria, informou a televisão síria e fontes médicas.

Uma testemunha afirmou que ambulâncias e equipes de resgate se dirigiram a toda velocidade para o lugar do ataque, situado no bairro de Sayeda Zeinab, e que forças de segurança cercaram a região por temor de mais atentados.

A fonte afirmou que viu no local pelo menos dez corpos e dezenas de feridos.

A ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos informou que pelo menos oito pessoas morreram na manhã de hoje e outras ficaram feridas pela explosão de um carro-bomba na região de Sayeda Zeinab.

A ONG não descartou que aumente o número de vítimas fatais devido ao estado grave dos feridos, e porque algumas pessoas estão desaparecidas.

Até agora, nenhuma organização reivindicou a autoria do ataque, mas nos últimos meses o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria de atentados com explosivos que matou dezenas de pessoas perto do santuário de Sayeda Zeineb.

Neste povoado fica o mausoléu da neta do profeta Maomé, Zeinab, venerada pelos fiéis do Islã xiita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos