Intoxicação alimentar no Paquistão mata 23 pessoas

Islamabad, 25 abr (EFE).- Pelo menos 23 pessoas morreram e 79 ficaram doentes no Paquistão por conta de uma intoxicação surgida depois que elas consumiram doces em uma festa de família.

"Por enquanto, 23 pessoas morreram, 13 da mesma família, e quatro continuam internadas, duas delas em estado crítico", disse à Agência Efe o porta-voz do distrito de Layyah, onde o caso aconteceu, Irfan Fayiz.

De acordo com ele, Umar Hayat, morador da cidade de Karor Lal Esan, na província do Punjab, comprou doces em uma confeitaria na quinta-feira para comemorar do nascimento de seu neto. Depois de ingerir as guloseimas, oito filhos, uma filha, três netos e um sobrinho de Hayat faleceram.

Segundo o porta-voz, os dois donos da confeitaria e um funcionário da loja que fez os doces foram presos, embora as causas da intoxicação ainda não tenham sido descobertas.

"Existe uma loja de pesticidas perto da confeitaria, mas não sabemos esses produtos foram misturados", afirmou Fayiz.

O Paquistão tem padrões fracos de segurança alimentar e casos de intoxicação por consumo de bebida alcoólica e remédios ilegais já foram registrados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos