Boliviano se suicida com dinamite após esposa negar dinheiro para ele beber

La Paz, 26 abr (EFE).- Um homem se suicidou com cartuchos de dinamite na cidade boliviana de Potosí (sudoeste), supostamente depois que sua esposa se negou a dar dinheiro para o consumo de álcool, informaram nesta terça-feira meios de comunicação locais.

O fato ocorreu no sábado passado, quando Pablo C.M., de 38 anos, estava aparentemente em estado de embriaguez após ter bebido durante várias horas, publicou Erbol digital.

O comandante da Polícia de Potosí, Víctor Hugo Hinojosa, indicou que o homem, que era mineirador, tirou a própria vida após discutir com sua mulher porque a mesma não quis dar mais dinheiro para que consumisse mais bebidas alcoólicas.

"O sujeito estava consumindo bebidas alcoólicas desde horas da manhã. Sua esposa o chamou durante a tarde e já em sua casa, ele pediu 10 pesos bolivianos (cerca de US$ 1,5), seguramente para seguir bebendo", referiu Hinojosa.

Após a discussão, o homem saiu de casa, colocou várias cargas de dinamite junto ao corpo, entrou em seu carro e detonou os cartuchos, segundo o relato policial.

"A esposa escutou a explosão e saiu de sua casa e viu que seu marido tinha se matado", acrescentou o comandante da polícia, que garantiu que o caso está sendo investigado.

Segundo dados oficiais divulgados pela agência estatal "ABI", a Bolívia diminuiu o consumo de álcool de 59,1% para 48,5% entre 2007 e 2013, embora as autoridades reconheçam que a porcentagem de alcoolismo no país continua sendo preocupante.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos