Ex-prefeito de Miami é preso por agredir namorada após disputa por um gato

Miami, 27 abr (EFE).- O ex-prefeito do condado de Miami-Dade Carlos Álvarez foi preso e acusado de violência doméstica contra sua namorada após uma disputa por um gato, informou nesta quarta-feira a Polícia da cidade de Coral Gables.

Álvarez, que também foi chefe de Polícia de Miami-Dade, se entregou às autoridades de Coral Gables, que o acusaram de ter agredido sua namorada no último sábado.

De acordo com o relatório das autoridades, a suposta agressão contra a namorada, de mais de 10 anos, ocorreu porque Álvarez queria que ela lhe devolvesse um gato.

O ex-prefeito foi acusado de insultá-la, agarrá-la pelos braços, imobilizá-la contra a parede e cuspir contra ela.

O político cubano-americano foi destituído de seu cargo em 2011, após um referendo revogatório impulsionado pelo milionário do setor automotivo Norman Braman. Os eleitores criticaram a decisão de Álvarez de aumentar os impostos sobre as propriedades e de dar altas salariais aos funcionários públicos em plena crise econômica.

Álvarez foi o primeiro responsável por governo local a ser destituído do cargo em uma região metropolitana de grande população nos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos