Onda de calor extremo mata 21 na Tailândia

Bangcoc, 28 abr (EFE).- Pelo menos 21 pessoas morreram por conta da onda de calor extremo que afeta várias regiões da Tailândia e que é responsável pela pior seca que o país sofre em décadas.

O diretor do Departamento de Controle de Doenças (DDC), Amnuay Kajina, advertiu que a temperatura vai ultrapassar os 40 graus Celsius em alguma áreas e recomendou à população "adotar medidas extras de precaução", segundo o jornal local "The Nation".

O governo tailandês declarou estado de emergência pela intensa seca em 5.679 povoados de 29 das 67 províncias do país e enviou civis e militares para distribuir água nos pontos mais atingidos.

A onda de calor vai continuar e a estação seca deve terminar no final de maio, quando começa a temporada de chuvas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos