Coreia do Sul e EUA concluem o maior de seus exercícios militares conjuntos

Seul, 30 abr (EFE).- A Coreia do Sul e os Estados Unidos concluíram neste sábado o maior de seus exercícios militares conjuntos até o momento na península coreana, marcados por um ambiente de tensão devido os recentes testes armamentistas da Coreia do Norte, que está prestes a realizar um importante congresso.

O dia de hoje transcorreu sem incidentes e serviu para o desmantelamento de acampamentos e equipamento militar, segundo explicou um representante do Ministério da Defesa da Coreia do Sul à agência "Yonhap".

Os aliados começaram as manobras em 7 de março, e sua magnitude foi uma resposta ao teste nuclear realizado pela Coreia do Norte em janeiro e ao lançamento de um foguete espacial - o que é considerado um teste de mísseis encoberto - em fevereiro.

Os exercícios contaram com 300 mil efetivos sul-coreanos e 17 mil americanos, além da participação do porta-aviões de propulsão nuclear USS John C. Stennis e de outras duas embarcações anfíbias de assalto enviadas pelas Forças Armadas dos EUA.

A Coreia do Norte protestou energicamente contra essas manobras militares, que considera um ensaio para a invasão de seu território, e respondeu disparando vários mísseis de curto e médio alcance em direção ao Mar do Leste (Mar do Japão), entre eles dois que aparentemente explodiram depois do lançamento.

A agência norte-coreana de notícias "KCNA" condenou hoje novamente os exercícios e os chamou de "a pior provocação militar na história da península coreana".

Apesar ao fim das manobras, a tensão permanece alta na região, já que a Coreia do Norte realizará a partir de 6 de maio o Congresso do Partido dos Trabalhadores, que conduz o regime totalitário de ideologia Juche, o primeiro em 36 anos.

Devido a esse acontecimento, muitos especialistas acreditam que a Coreia do Norte poderia estar preparando um novo e teste nuclear subterrâneo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos