Detido na Colômbia um dos principais chefes do crime organizado do Peru

Bogotá, 30 abr (EFE).- A Polícia da Colômbia deteve neste sábado na cidade de Medellín Gerson Aldair Gálvez Calle, conhecido como "Caracol", considerado um dos principais chefes do crime organizado no Peru e um dos criminosos mais procurados por esse país, informaram fontes oficiais.

"Caracol" é assinalado pela Polícia peruana e pelo Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o crime como "o novo Joaquín 'El Chapo' Guzmán da América Latina", segundo um comunicado do Ministério da Defesa da Colômbia.

Por isso era procurado com circular vermelha, utilizada pela Interpol para solicitar a detenção preventiva visando à extradição, pelos crimes de homicídio, associação a grupos armados e tráfico de drogas, acrescentou a informação.

O ministro da Defesa da Colômbia, Luis Carlos Villegas, parabenizou a Polícia pela detenção.

Além disso, afirmou que já falou com o ministro do Interior do Peru, que lhe agradeceu pelo trabalho da Polícia e "pela detenção deste criminoso".

As autoridades peruanas acusam "Caracol" de liderar uma quadrilha dedicada a extorsão, assassinato e narcotráfico no porto limenho de Callao e ofereciam 500 mil sóis (cerca de US$ 152.000) por informação que permitisse sua captura.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos