Atentado com carro-bomba mata 16 peregrinos xiitas em Bagdá

Bagdá, 2 mai (EFE).- A explosão de um carro-bomba no sul de Bagdá matou 16 peregrinos xiitas e deixou outros 42 feridos nesta segunda-feira, informou à Agência Efe uma fonte da polícia do Iraque.

O veículo, que estava estacionado no cruzamento de Al Saidia e Al-Daura, explodiu na passagem do grupo de peregrinos, todos iraquianos.

Os fiéis iam para a cidade de Al Kazemiya, ao norte da capital , para comemorar a morte do sétimo imã dos xiitas, Moussa al Kazem, que viveu no século VIII.

A polícia e o exército iraquianos reforçaram as medidas para tentar garantir a segurança das estradas por onde os peregrinos xiitas, provenientes das províncias do sul do Iraque, transitam.

O ápice das celebrações em homenagem ao imã Moussa al Kazemé amanhã, terça-feira.

Ontem pelo menos 35 pessoas morreram e 73 ficaram feridas em um duplo atentado simultâneo com dois carros-bomba na cidade de Samaua, 280 quilômetros ao sul de Bagdá.

No sábado, a explosão de outro veículo causou 24 mortes em um mercado popular de venda de gado na região de maioria xiita de Al Nahrauan, nos arredores de Bagdá.

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI), que proclamou em junho de 2014 um califado nas zonas do Iraque e da Síria sob seu controle, assumiu a autoria destes dois atentados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos