Bombardeios contra principal reduto do EI na Síria deixam 29 mortos

(Atualiza o número de mortos)

Beirute, 3 mai (EFE).- Pelo menos 29 pessoas morreram nesta terça-feira, em sua maioria civis, em bombardeios na cidade de Al Raqqa, principal reduto do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na Síria, segundo a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os ataques aéreos, que não se sabe se foram realizados pela coalizão internacional contra o EI, liderada pelos EUA, ou por aviões russos, causaram a morte de 19 civis, entre eles dois menores de idade, e de dez membros da organização radical.

Cerca de 35 bombardeios tiveram como alvo na última madrugada várias partes de Al Raqqa, situada no nordeste do território sírio, assim como as regiões de Al Firdous e Al Saumea, as ruas Seif al Daula e Al Mansur, o parque de Al Rashid, e as imediações do estádio municipal e de um tribunal.

O EI proclamou um califado no final de junho de 2014 na Síria e Iraque, onde conquistou áreas do norte e do centro dos dois países. EFE

ssa/id

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos