Desfile da Chanel reúne incomum presença de celebridades em Havana

Havana, 3 mai (EFE).- Celebridades como a supermodelo Gisele Bündchen, o ator americano Vin Diesel e a ex-editora-chefe da revista "Vogue Paris", Carine Roitfeld, atenderam nesta terça-feira ao chamado da Chanel para presenciar em Cuba seu primeiro desfile na América Latina, em uma reunião de famosos nunca antes vista em Havana.

Uma das musas preferidas do diretor criativo da marca francesa, Karl Lagerfeld, a britânica Stella Tennant, foi a encarregada de abrir o espetáculo, que aconteceu no emblemático Passeio do Prado da capital cubana.

Tennat desfilou um look andrógino composto por uma jaqueta azul marinho e calças listradas, arrematado por um chapéu Panamá e clássicos sapatos masculinos de dois tons.

O duo franco-cubano Ibeyi, formado por duas irmãs que acabam de colaborar com Beyoncé em seu recente álbum "Lemonade", foi o encarregado de levar música ao vivo ao show, acompanhado pelo pianista cubano Aldo López-Gavilán.

Entre os convidados mais assediados estava Vin Diesel, protagonista da saga "Velozes e Furiosos" - que atualmente roda cenas na capital cubana -, que chegou ao Prado vestido com a tradicional camisa guayabera cubana e cumprimentando o público de dentro de um "almendrón", antigo carro americano da década do 1950 muito típico na ilha.

"Estou gostando de Cuba mais do que poderia imaginar", afirmou Diesel após percorrer as imediações do mítico Passeio havanês, repleto de blogueiros e personalidades da moda internacional.

Também em um "almendrón" e vestida com um conjunto de top e saia vermelhos da marca parisiense chegou a Havana Vieja a supermodelo brasileira Gisele Bündchen, contando em espanhol o quanto Cuba "lhe encantou".

Também não quiseram perder a estreia da Coleção Crucero da Chanel na América Latina a atriz inglesa Tilda Swinton e a modelo Alice Dellal, outra das musas de Karl Lagerfeld.

Nos últimos anos a Chanel instaurou como costume apresentar as propostas de sua coleção Crucero em paraísos turísticos ao longo do mundo.

Segundo a marca, "a riqueza cultural e a abertura de Cuba ao mundo fazem do país uma fonte de inspiração para Karl Lagerfeld e para a Chanel", razão pela qual decidiram incluir Havana em um percurso que já os levou por Miami, Veneza, Cingapura, Dubai e Seul. EFE

sga-yg-sam/rsd

(foto)(vídeo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos