Ramo do EI na Líbia executa adolescente por seu parentesco com Kadafi

Trípoli, 3 mai (EFE).- O ramo líbio do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) executou ontem à noite um adolescente na cidade litorânea de Sirte por seus vínculos familiares com o ditador líbio Muammar Kadafi, informou uma fonte de segurança à Agência Efe nesta terça-feira.

Um grupo de jihadistas fuzilou Abdelah al Ghinay Kadafi depois de um juiz wahhabista o condenar à morte por "ter em sua posse fotos do antigo presidente líbio", derrubado e morto em 2011.

Nas últimas 48 horas, os jihadistas assassinaram também 10 cidadãos em Sirte e Ben Jawad, e retiveram dezenas de famílias que tentavam fugir instigadas pelas informações que apontam para uma próxima ofensiva das diversas milícias líbias, acrescentou.

"A organização impediu vários jovens de sair da cidade por temeor que a ataquem", e que se somem às forças do leste e do oeste do país que rodeiam Sirte, bastião dos jihadistas no litoral do Mediterrâneo.

Uma fonte de segurança da cidade litorânea de Misrata garantiu que 7.661 de pessoas vindas de Sirte se refugiaram nesta cidade, enquanto outras 150 famílias chegaram à vizinha Bugrin.

Pelo menos três soldados da milícia "Al Saiqa", sob o comando da controvertido general Khalifa Hafter, morreram e outros oito ficaram feridos ontem à noite na explosão de uma mina na cidade de Al Qawarisha, em Benghazi, informou seu porta-voz, Milud al Zui à Efe.

Benghazi enfrenta combates desde que em maio de 2014 o chefe das forças leais ao parlamento de Tobruk, liderado por Hafter, levantasse um cerco sobre a cidade. Nestes dois anos centenas de pessoas morreram e milhares foram forçadas a se deslocar.

Os combates, que recrudesceram com violência nos últimos dias, permitiram, além disso, que membros do ramo líbio do EI e de outros grupos jihadistas locais se infiltrassem em seus bairros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos