Ted Cruz abandona corrida pela indicação do Partido Republicano nos EUA

Washington, 3 mai (EFE).- O senador Ted Cruz, até então pré-candidato à indicação do Partido Republicano para as eleições presidenciais de novembro nos Estados Unidos, abandonou a disputa nesta terça-feira ao perder as primárias do estado de Indiana para seu principal rival, o magnata Donald Trump.

Em discurso televisionado em Indianápolis perante um grupo de apoiadores, o senador pelo Texas, que tinha se alçado durante os últimos meses como a única alternativa a Trump dentro do campo republicano, anunciou sua retirada, deixando sozinhos na corrida o magnata e o senador por Ohio, John Kasich.

"Demos tudo o que tínhamos em Indiana, mas esta noite, os eleitores escolheram outro caminho. Por isso, suspendemos nossa campanha", anunciou Cruz, que apareceu acompanhado de sua esposa Heidi e suas duas filhas, e foi apresentado pela também ex-pré-candidata presidencial Carly Fiorina, a quem havia convidado para ser sua vice-presidente.

"Mas não suspendo minha luta pela liberdade. Não suspendo minha luta por defender a Constituição, os valores judeu-cristãos que fundaram os EUA. Nosso movimento continuará", assegurou o senador perante seus apoiadores, que reagiram ao anúncio de suspensão da campanha com sonoros lamentos.

Embora Kasich ainda siga na disputa, a renúncia de Cruz praticamente serve de bandeja a indicação republicana a Trump, que após a ampla vitória de hoje em Indiana está a menos de 200 delegados de conseguir a indicação matemática, e quando ainda faltam votar estados populosos como Califórnia e Nova Jersey.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos