Turquia ataca grupo curdo no sudeste do país e no Iraque

Istambul, 3 mai (EFE).- O Exército turco lançou uma nova operação de ataques contra o proscrito Partido de Trabalhadores de Curdistão (PKK) no sudeste do país e bombardeios contra refúgios desse grupo curdo nos montes Kandil do norte do Iraque.

A cúpula militar informa nesta terça-feira em seu site que caças turcos bombardearam no Iraque refúgios e depósitos de armas, "neutralizando" (matando ou ferindo) 18 membros do PKK.

A operação aconteceu às 23h local de segunda-feira, afirma o jornal Hürriyet.

Além disso, continuam extensos combates entre o Exército e o PKK na província turca de Hakkari, fronteiriça com o Iraque e o Irã, onde ontem houve um ataque do grupo curdo contra um posto militar turco, no qual dois soldados morreram.

O Exército lançou um amplo contra-ataque, apoiado por helicópteros de combate, e os enfrentamentos continuam desde ontem à noite nesta região montanhosa, situada no extremo sudeste do país.

As forças da ordem também seguem combatendo na cidade de Sirnak e no município de Nusaybin, na província de Mardin, onde tentam recuperar o controle dos bairros nos quais jovens militantes curdos, simpatizantes do PKK, estão escondidos.

Segundo o boletim militar de hoje, o Exército matou ontem seis guerrilheiros em Nusaybin e sete em Sirnak, embora estes números não puderam ser verificados de maneira independente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos