Senador do PSDB apresenta parecer favorável ao impeachment de Dilma

Brasília, 4 mai (EFE).- O relator do processo de impeachment de Dilma Rousseff no Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG), recomendou nesta terça-feira a abertura de processo contra a presidente e o afastamento dela do cargo.

O relatório de Anastasia foi divulgado na página do Senado na internet, no momento em que este começava a leitura das 126 páginas do documento aos senadores da comissão especial do impeachment.

Segundo Anastasia, "a denúncia apresenta os requisitos legais e formais exigidos pela legislação em vigência, e especialmente pela Constituição Federal, para ser recebida".

O relator detalhou que seu voto "é pela admissão da denúncia com a consequente instauração de um processo de impeachment, a abertura de um prazo para que a denunciada responda à acusação e o início da fase de instrução do processo" que pode levar à cassação do mandato da presidente.

O parecer elaborado por Anastasia após escutar os argumentos da acusação e da defesa será votado na próxima sexta-feira na comissão, que tem 21 membros, e, caso seja aprovado por uma maioria simples, será remitido ao plenário do Senado.

Nessa última instância, o relatório deve ser debatido no próximo dia 11 e, se pelo menos 41 dos 81 senadores se inclinarem por instaurar o julgamento político, Dilma será afastada durante os 180 dias que pode durar o processo e o cargo passará a ser ocupado pelo vice-presidente Michel Temer.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos