Turquia celebra liberação de vistos e insiste em entrada na UE

Ancara, 4 mai (EFE).- O governo da Turquia se mostrou satisfeito nesta quarta-feira com a proposta da Comissão Europeia (CE) de permitir que os turcos viajem à União Europeia sem visto, medida que Ancara cobrava há muito tempo e que espera ser um passo em direção à filiação ao clube comunitário.

"Estamos encantados com o relatório (da CE). Seguiremos cumprindo nossas obrigações. Nossos cidadãos deveriam ter tido este direito muito antes. Nosso objetivo é a plena filiação (à União Europeia), afirmou Mevlut Cavusoglu, ministro das Relações Exteriores turco.

Cavusoglu afirmou que Turquia e UE não necessitam uma da outra apenas em épocas de crise, em referência ao fato de a liberalização de vistos fazer parte do acordo pelo qual Ancara deve receber os refugiados deportados pela Europa.

O ministro turco disse que este tipo de relatório influencia na "atitude positiva" dos turcos em relação à União Europeia, uma atitude que, reconheceu, "tinha diminuído durante os últimos anos".

Além do assunto dos vistos, este relatório de Bruxelas representa, segundo o chefe da diplomacia turca, "uma nova página nas relações entre UE e Turquia".

A CE apresentou nesta quarta-feira seu terceiro relatório sobre os progressos da Turquia, no qual ressalta que Ancara ainda deve cumprir vários requisitos, como os relacionados à luta contra a corrupção, à proteção de dados, à cooperação judicial e às práticas contra o terrorismo.

A liberação de vistos a partir de junho está condicionada ao cumprimento dessas condições.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos