Cameron mantém críticas, mas afirma que Trump merece respeito

Londres, 5 mai (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, afirmou nesta quinta-feira que o pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, merece respeito por seu sucesso nas eleições primárias do partido, apesar de manter uma postura crítica quanto a algumas ideias políticas do empresário.

Cameron, que em dezembro classificou como "estúpida" a proposta de Trump de vetar a estrada de muçulmanos nos EUA, afirmou durante uma entrevista coletiva em Downing Street, residência oficial do líder britânico, que não irá mudar esse ponto de vista.

"Conhecendo a natureza esgotante das primárias (americanas), qualquer um que saia com sucesso dessa competição extraordinária para liderar seu partido nas eleições gerais merece nosso respeito", indicou o primeiro-ministro, em tom conciliador.

"A ideia de proibir a entrada de muçulmanos proposta por Trump era equivocada, é equivocada e continuará sendo equivocada. Se ele viesse adotar nosso país, acredito que ele encontraria todos unidos contra ele", disse Cameron na Câmara dos Comuns há cinco meses.

Em janeiro, o parlamento britânico debateu a possibilidade de vetar a entrada de Trump do Reino Unido, depois de uma proposta popular sobre o assunto ter sido assinada por mais de 500 mil pessoas. A medida, porém, não chegou a ser votada na Câmara.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos