Papa "está preocupado" com a situação no Brasil, segundo arcebispo do Rio

Cidade do Vaticano, 5 mai (EFE).- O papa Francisco "está preocupado e reza" pela situação política do Brasil, segundo explicou nesta quinta-feira à Rádio Vaticano o cardeal e arcebispo do Rio de Janeiro, Orani João Tempesta.

"Falei com o santo pai e lhe pedi que reze por nosso país, Brasil, neste momento delicado. Ele me disse que está preocupado e que reza por nosso país", afirmou Dom Orani, que encontrou o papa após a Audiência Geral da quarta-feira.

O arcebispo garantiu que Francisco "segue a situação e sabe o que está ocorrendo no país", imerso em uma crise política que ameaça a presidente, Dilma Rousseff, perante a possível abertura de um julgamento político visando o impeachment.

O cardeal afirmou que a Igreja acredita nos poderes do país e "confia no fato de que as autoridades desempenharão seu próprio trabalho de maneira responsável".

"Sabemos que dentro da Igreja há pessoas que são a favor e contra a presidente, assim como a favor e contra o ex-presidente Lula. Mas a Igreja deve permanecer unida e rezar para que o país recupere o bom momento, porque agora estamos em uma situação feia e difícil", lamentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos