Coreia do Norte reafirma seu poder nuclear antes de Congresso do Partido

Pyongyang, 6 mai (EFE).- A Coreia do Norte afirmou nesta sexta-feira que fortalecerá sua capacidade de dissuasão nuclear se os Estados Unidos mantiverem sua postura hostil, no dia em que o Partido dos Trabalhadores (PTC), que comanda o regime norte-coreano, se dispõe a iniciar seu primeiro congresso nos últimos 36 anos.

O regime de Kim Jong-un acusou o governo de Barack Obama de ter criado motivos para desencadear uma crise nuclear na península da Coreia, segundo um comunicado emitido pelo Comitê para a Reunificação Pacífica de Coreia (CPRK), o ministério encarregado das relações com a Coreia do Sul.

Este órgão reafirmou a vontade de Pyongyang de responder com a mesma moeda à suposta ameaça das armas nucleares dos Estados Unidos e reivindicou seu status de potência atômica por ter desenvolvido com sucesso uma bomba de hidrogênio, algo que os especialistas no exterior consideram exagerado, já que o país não teria condições de desenvolver a tecnologia de fusão termonuclear.

A Coreia do Norte realizou seu último teste nuclear em janeiro com uma detonação que fez soar os alarmes na comunidade internacional.

O teste nuclear de janeiro, no qual Pyongyang garantiu ter detonado uma bomba termonuclear, que é mais potente que os dispositivos testados anteriormente, e o lançamento de um foguete espacial com tecnologia de mísseis no mês seguinte, renderam ao país comunista duras sanções da ONU.

O comunicado no qual Pyongyang reafirma seu poder nuclear chega poucas horas antes do início do VII Congresso do Partido dos Trabalhadores de Coreia (PTC), que não acontece desde 1980.

Nesse evento podem ser anunciadas importantes decisões que vão pautar o futuro das políticas do hermético país, especialmente em matéria econômica, enquanto alguns analistas acreditam que Kim Jong-un aproveitaria o mesmo para impor uma substituição geracional nas elites do país.

O governo da vizinha Coreia do Sul, por sua vez, afirmou hoje que, por causa do congresso, o exército norte-coreano poderia realizar uma simulação de ataque à Casa Azul, a sede da presidência em Seul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos