Forças do regime lançam ataque a prisão síria para acabar com motim

Beirute, 6 mai (EFE).- As forças do regime sírio lançaram nesta sexta-feira uma operação para acabar com um motim na prisão central de Hama, no centro da Síria, onde estão lançando gás lacrimogêneo, segundo ativistas.

Um porta-voz do grupo Detidos da Prisão Central de Hama, que está em contato com os detentos, disse à Agência Efe que os soldados governamentais conseguiram entrar em um dos edifícios do presídio e que estão tentando avançar.

Esta fonte ressaltou que há 800 reclusos dentro do centro penitenciário.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos destacou que o ataque das autoridades coincide com a suspensão das negociações hoje com os presos para pôr fim à revolta.

Durante esta semana, pelo menos 46 detentos foram postos em liberdade em vários rodízios por parte do regime, indicou a ONG.

A rebelião começou por causa do atraso no julgamento de alguns detidos e a transferência de alguns prisioneiros à prisão de Seidnaya, ao norte de Damasco.

Já houve na prisão de Hama vários distúrbios e motins.

Em agosto, explodiu uma rebelião que logo depois foi sufocada pelas forças de segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos