Independentistas alcançam grande maioria em eleições autônomas na Escócia

Londres, 6 mai (EFE).- O Partido Nacionalista Escocês (SNP, sigla em inglês) obteve uma ampla vitória nas eleições autônomas realizadas nesta quinta-feira no Reino Unido, ao ficar com pelo menos 58 das 129 cadeiras em disputa, segundo dados provisórios das autoridades eleitorais.

A líder do SNP, Nicola Sturgeon, afirmou nesta sexta-feira que seu partido "fez história", pois se aproxima da maioria absoluta no parlamento de Edimburgo.

Na apuração parcial, os conservadores conseguiram 16 cadeiras, seu melhor desempenho desde 1992, e os trabalhistas têm 11, os mais prejudicados, com a perda de 13 cadeiras até o momento.

O partido independentista consolidou o crescimento espetacular mostrado nas eleições gerais britânicas de maio do ano passado, quando foi a terceira força parlamentar do Reino Unido, com 56 das 59 cadeiras que correspondem à Escócia na Câmara dos Comuns.

A apuração ainda está em andamento, mas Sturgeon já afirmou que o SNP é "sem dúvida nenhuma" o ganhador das eleições regionais.

O Partido Trabalhista sofreu, como era esperado, um duro golpe, o que já havia ocorrido nas eleições gerais, e pode perder a posição de principal partido de oposição no parlamento de Edimburgo frente aos conservadores.

O novo parlamento da Escócia deverá tramitar as novas competências, sobretudo em matéria fiscal, que foram cedidas pelo governo britânico após o referendo de independência de 2014, que os independentistas perderam em votação apertada.

Sturgeon já tinha adiantado que não promoveria um segundo referendo, a menos que a maioria dos escoceses apoie a separação.

No entanto, a líder partidária advertiu que poderia fazer uma exceção se a maioria dos britânicos votar pela saída da União Europeia (UE) no referendo de junho, contra os desejos da autonomia escocesa, que é mais pró-Europa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos