Confrontos entre insurgentes e forças afegãs deixam 57 mortos

Cabul, 7 mai (EFE).- Confrontos entre forças afegãs e insurgentes deixaram 56 talibãs e um policial mortos no leste e sul do país, em plena ofensiva de primavera dos talibãs, à qual o governo do Afeganistão respondeu com um plano de combate, informaram fontes oficiais neste sábado.

O porta-voz do governador provincial, Wahidullah Kalemzai, confirmou à Agência Efe que "29 talibãs morreram depois de lançarem um ataque coordenado a um posto de controle policial no distrito de Ghaziabad da província de Kunar nesta manhã".

"As forças de segurança afegãs abateram os 29 talibãs ao repelir o ataque, mas um policial morreu e outros três ficaram feridos", acrescentou.

O porta-voz talibã Zabiullah Mujahid reivindicou a autoria do ataque através de um comunicado em que afirmou que morreram 11 membros das forças afegãs e dois talibãs, além de deixar um saldo de cinco feridos.

Na província sulina de Ghazni, 27 talibãs morreram e quatro ficaram feridos durante uma ofensiva das forças afegãs no distrito de Mugar nas últimas horas, e "seis insurgentes paquistaneses foram detidos", de acordo com um comunicado do Ministério da Defesa.

Os talibãs lançaram mês passado a sua ofensiva de primavera, e anunciaram então ataques "em grande escala", além de terem recusado o diálogo de paz proposto pelo Executivo de Ashaf Ghani.

O governo afegão anunciou seu primeiro plano qüinqüenal de combate para enfrentar um conflito de longa duração contra os insurgentes, e advertiu que combaterá com toda força se eles não aceitarem a proposta de diálogo formulada em janeiro, com apoio do denominado G4, integrado por Afeganistão, Paquistão, Estados Unidos e China, para acabar com quase 15 anos de guerra.

Os talibãs controlam desde o final de 2015 quase um terço do país, a maior extensão sob seu domínio desde a ocupação americana em 2001, segundo um relatório da Inspetoria Geral para a Reconstrução do Afeganistão (SIGAR), dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos