Coreia do Norte reforça figura de Kim Jong-un no Congresso do Partido

(Atualiza com informação sobre nomeação de Kim Jong-un no 2º parágrafo).

Ramón Abarca.

Pyongyang, 7 mai (EFE).- A Coreia do Norte viveu neste sábado o segundo dia do VII Congresso do Partido dos Trabalhadores, uma reunião realizada a portas fechadas e que por enquanto está servindo para fortalecer a liderança do jovem Kim Jong-un.

O conclave político voltará a dar ao líder o posto de principal responsável do Partido, o poderoso órgão de governo do país, revelou hoje a televisão pública "KCTV".

O ditador de 33 anos aproveitou a abertura do Congresso ontem, realizado pela primeira vez desde 1980, e que deve durar três ou quatro dias, para defender sua política nuclear e de mísseis e ao mesmo tempo fazer sua primeira aparição pública vestido ao estilo ocidental em vez de sua habitual jaqueta com pescoço Mao.

A imagem invadiu hoje o conteúdo dos periódicos e da televisão estatal, que repetiu o discurso em todos seus noticiários, e monopolizou a atenção dos norte-coreanos, surpresos pela indumentária do líder e conscientes da grande semelhança física com seu avô Kim Il-sung, fundador do país e primeiro da dinastia.

"Foi toda uma surpresa. Quando o vi me dei conta que é igual a seu avô. Completamente igual", explicou Jon Jang-hun, um estudante de 26 anos da Universidade Politécnica Kim Chaek.

Ninguém admitiu ter perdido o discurso de 15 minutos que, embora tenha sido feito de manhã, só foi transmitido na televisão pública "KCTV" no último jornal de sexta-feira, à noite.

"Certamente assisti. Espero que neste congresso se abra uma nova etapa histórica para nosso partido e nosso país", comentou um trabalhador de 33 anos que também achou o jovem líder muito parecido com seu avô, que governou o país desde sua fundação em 1948 até morrer em 1994.

An Yong-ae, de 48 anos, mantém o retrato de Kim Il-sung na sala de sua casa em Pyongyang e disse estar emocionada por, após a surpresa inicial, a primeira imagem veio à mente dela e de seu marido foi a do "presidente eterno", o membro da dinastia mais querido e respeitado.

"Sua aparência e o discurso deixaram claro que o líder segue a direção de seus antecessores e continua com as mesmas políticas", apontou An.

Durante a inauguração, além de muita retórica, Kim Jong-un qualificou de sucesso seu último teste nuclear e o lançamento de um foguete espacial - considerado um teste de mísseis - no começo deste ano e quis elogiar o papel de seus responsáveis.

"Foram os melhores presentes que nossos cientistas e engenheiros deram a este Congresso", afirmou o líder.

An vive na avenida Mirae, inaugurada em outubro, onde foram construíram três mil casas para cientistas norte-coreanos, as novas estrelas do regime.

A professora, casada com um professor universitário, vive com seus dois filhos em um apartamento de 220 metros quadrados e três dormitórios perfeitamente equipado.

O bairro de altas torres junto ao rio, com um aspecto muito diferente das cinzentas edificações de estilo soviético do resto da cidade, é um exemplo da transformação que a capital experimentou durante os anos de Kim Jong-un.

Kim, que chegou ao poder em 2011 com menos de 30 anos, buscou em parte legitimar sua liderança modernizando Pyongyang, lar da elite do país.

As palavras do líder não foram tão bem recebidas fora da Coreia do Norte. Coreia do Sul e Estados Unidos criticaram a determinação do regime norte-coreano de continuar com o desenvolvimento de seus programas nuclear e de mísseis.

O ministro das Relações Exteriores sul-coreano, Yun Byung-se, e o secretário de Estado americano, John Kerry, tiveram hoje uma conversa telefônica de 20 minutos em que compartilharam suas impressões sobre a abertura do Congresso do Partido dos Trabalhadores norte-coreano e concordaram em aumentar a pressão sobre a Coreia do Norte.

Espera-se que Kim volte a falar no encerramento do evento, domingo ou segunda-feira, quando será realizado um grande desfile de tochas nas ruas de Pyongyang.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos