Desabamento em obra de estação de teleférico em La Paz deixa 8 feridos

La Paz, 7 mai (EFE).- Oito pessoas ficaram feridas neste sábado em um acidente ocorrido durante as obras de construção de uma estação do teleférico de La Paz, capital da Bolívia, sob responsabilidade da empresa de engenharia austríaca Doppelmayr.

O gerente da companhia estatal boliviana Meu Teleférico, César Dockweiler, afirmou à imprensa que seis operários e duas mulheres que passaram pelo local foram internados com ferimentos em duas clínicas de La Paz, mas não correm risco de morte.

O desabamento ocorreu na construção da estação na Praça Triangular, que faz parte do projeto da futura Linha Branca do sistema de teleférico da capital boliviana.

Dockweiler disse que as autoridades vão analisar com a empresa austríaca o que ocorreu e que as obras serão paralisadas até que a causa do acidente seja determinada. O projeto de construção da Linha Branca, porém, segue em andamento.

Desde que foi anunciada, a Linha Branca foi alvo de polêmicas e confrontos entre o município de La Paz e o governo, devido à oposição de grupos de moradores ao caminho que será percorrido pelo teleférico pela avenida Busch, próximo a edifícios altos.

No fim de março, em outra estação em construção do mesmo projeto, na Praça Villarroel, um grande guindaste tombou, destruindo várias árvores da região, mas sem deixar vítimas.

O teleférico boliviano é o sistema urbano de transporte mais alto do mundo, já que une as cidades de La Paz e El Alto, a 3.600 e 4.000 metros acima do nível do mar, respectivamente.

A Doppelmayr construiu a primeira fase do sistema e também é responsável pela instalação de seis novas linhas, que exigiram um investimento de US$ 450 milhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos