Líder religioso sufista é assassinado em Bangladesh em onda de atentados

Daca, 7 mai (EFE).- Um líder espiritual sufista, ramo místico do islã, foi assassinado a machadadas no norte de Bangladesh, no meio de uma onda de ataques deste tipo realizado por extremistas islâmicos contra coletivos minoritários, embora a polícia tenha dito neste sábado que sua primeira linha de investigação é por uma disputa de terras.

Shahidullah, de 65 anos, foi encontrado morto na tarde de ontem em um campo de mangas na região de Jumapara, na província de Rajshahi, confirmou à Agência Efe o superintendente adjunto da polícia da região, Abul Kalam Azad.

"Ele foi degolado e também tinha marcas (de arma branca) em seu ombro direito", declarou Azad.

Shahidullah era um líder de "baixo perfil, com um grupo de seguidores limitado", que tinha se envolvido recentemente em uma disputa de terras com vizinhos.

"Nossa principal linha de investigação gira em torno dessa disputa, e a segunda que estivesse em conflito com membros de sua comunidade espiritual, mas não descartamos outras hipóteses", acrescentou.

O comando policial tachou no entanto de "propaganda" as supostas reivindicações de assassinatos pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), como o do professor ateu Rezaul Karim Siddique, em 23 de abril na homônima capital provincial.

Desde o começo de 2015 Bangladesh sofreu mais de 20 atentados seletivos contra blogueiros e pensadores laicos, estrangeiros, ativistas gays e representantes de minorias religiosas como hindus, cristãos, ahmadíes e xiitas, que se intensificaram no último mês.

Algumas dessas ações foram reivindicadas pelo EI e outras pelo ramo da Al Qaeda no subcontinente indiano, embora as autoridades políticas tenham negado tempo todo a presença das organizações em Bangladesh, e tenham responsabilizado grupos extremistas autóctones e a oposição política.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos