Paquistão celebra eleição de Sadiq Khan à prefeitura de Londres

Islamabad, 7 mai (EFE).- O Paquistão celebrou neste sábado a eleição do britânico de origem paquistanesa Sadiq Khan a prefeito de Londres, cujos pais emigraram ao Reino Unido na década de 60.

"Parabéns a Sadiq Khan por sua eleição como prefeito de Londres", escreveu no Twitter o líder do opositor Paquistão Tehreek-i-Insaf ("PTI"), Imran Khan, cuja ex-mulher, Jemima, é irmã do adversário derrotado do novo prefeito, Zac Goldsmith.

O líder do também opositor Partido Popular do Paquistão (PPP), Bilawal Bhutto, também cumprimentou Khan pela vitória.

"Os britânicos de origem paquistanesa precisam de mais modelos a seguir", afirmou o político, filho da ex-primeira-ministra Benazir Bhutto e do ex-presidente Asif Ali Zardari.

Nessa linha, o analista Cyril Almeida afirmou que denunciar a islamofobia na campanha eleitoral contra Khan foi fácil, mas que talvez não seja tanto seguir seu modelo.

"Será mais difícil para os muçulmanos adotar seus valores e sua interpretação do islã?", questionou o colunista do prestigiado jornal "Dawn".

Outros assinalaram a ironia das comemorações da vitória do filho de um imigrante de uma minoria religiosa e motorista de ônibus no Paquistão, um país muito conservador em termos sociais.

"Paquistanês: Sadiq Khan ganhou! Jornalista: Votaria pelo filho de um imigrante de uma minoria, filho de um motorista de ônibus como prefeito de Karachi? Paquistanês: Está louco?", tuitou a colunista Bina Shah.

O diretor da televisão paquistanesa "Capital TV", Murtaza Solangi, foi além, ao debater o tratamento dado às minorias religiosas na república islâmica, onde torno de 95% da população é muçulmana e os membros de outras religiões são alvo de ataques e discriminação.

"Tenho um sonho: os muçulmanos do Paquistão tratarão as pessoas de outras religiões da mesma maneira que os londrinos trataram Sadiq Khan", tuitou o jornalista.

Khan, filho de um casal paquistanês que se instalou nos subúrbios de Londres nos anos 60, se tornou ontem o primeiro prefeito muçulmano da capital britânica.

Sua família viajou da Índia ao Paquistão durante a partilha do subcontinente após a descolonização, e nos 60 emigrou ao Reino Unido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos