Sem PSOE, partidos de esquerda se unem para vencerem PP na Espanha

Madri, 9 mai (EFE).- Sem incluir o Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), legendas de esquerda da Espanha firmaram nesta segunda-feira um pré-acordo para disputarem de forma conjunta as eleições legislativas do dia 26 de junho, na qual tentarão se tornar a força progressista mais votada do Parlamento para chegarem ao governo.

Os principais protagonistas da aliança são o Podemos, que com seus parceiros regionais conseguiu 20,7% dos votos (69 cadeiras) no último pleito, em 20 de dezembro do ano passado, e a Esquerda Unida (IU), coligação integrada pelo Partido Comunista Espanhol (PCE) e que obteve 3,7% da preferência do eleitorado e dois deputados.

Ambos ficaram atrás do PSOE, que conseguiu 22% dos votos e 90 cadeiras no Congresso da Espanha.

Podemos e UI disputarão a próxima eleição de forma conjunta e, dessa forma, podem se transformar no bloco de esquerdo mais votado do pleito, tirando o primeiro lugar do PSOE, partido que lidera esse segmento há mais de três décadas.

A última pesquisa do Centro de Pesquisas Sociológicas (CIS), divulgada na semana passada, dá ao Podemos 17,7% dos votos. Já o Esquerda Unida teria 5,4%. Somados, obteriam 23,1%, mais do que os 21,6% previstos para o PSOE.

O objetivo do pré-acordo, segundo fontes do Podemos e da Esquerda Unida, é "recuperar o país em favor das classes populares", derrotando o governista Partido Popular (PP), que venceu as últimas eleições com 28,72% dos votos e tem 123 deputados no Congresso.

Após o consenso obtido nas linhas gerais do acordo, representantes dos dois partidos acertarão os últimos detalhes do documento definitivo para ratificação posterior.

O único que passo que falta para que o acordo seja confirmado é a consulta que os dois partidos irão realizar com seus militantes amanhã e na quarta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos