Vice-presidente dos EUA acredita que Hillary será a indicada democrata

Washington, 10 mai (EFE).- O vice-presidente dos Estados Unidos, Joseph Biden, afirmou nesta terça-feira que está "confiante" de que Hillary Clinton conseguirá a indicação do Partido Democrata e será eleita presidente nas eleições presidenciais de novembro, apesar de ela ainda disputar a candidatura com o senador Bernie Sanders.

"Tenho confiança de que Hillary será a indicada e que será o próximo presidente", disse Biden em entrevista ao programa "Good Morning America", da emissora televisiva "ABC".

Embora não se trate de um apoio formal a Hillary, as palavras do vice-presidente representam um alento à campanha da ex-secretária de Estado, que apesar de continuar sendo a favorita, viu aumentar a pressão exercida pela candidatura de Sanders nos últimos meses.

Em abril, Biden já havia dito em outra entrevista que gostaria de "ver uma mulher" na Casa Branca, mas também flertou com alguns posicionamentos progressistas de Sanders ao longo da campanha.

"Gosto da ideia de dizermos que 'podemos fazer mais', porque é certo que podemos", disse o vice-presidente ao "New York Times" no mês passado, em referência aos posicionamentos de Sanders, que em matéria econômica vão além da agenda tradicional do Partido Democrata.

Durante meses, Biden foi cogitado como possível candidato à Casa Branca para oferecer uma opção de continuidade ao mandato de Barack Obama e, inclusive, chegou a figurar entre os principais nomes do Partido Democrata nas pesquisas de intenção de voto, mas, por fim, decidiu não se candidatar alegando razões pessoais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos