Bombardeio a centro médico e outros pontos na Síria mata sete pessoas

Beirute, 11 mai (EFE).- Pelo menos sete pessoas morreram nesta quarta-feira, entre elas um menor de idade, por um bombardeio a um centro médico e outros pontos do leste da província nordeste síria de Deir ez Zor, controlada quase totalmente pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

O Observatório Sírio de Direitos Humanos afirmou que aviões de origem desconhecida tiveram como alvo várias zonas da cidade de Al Shahil, no leste de Deir ez Zor.

A ONG não descartou que o número de mortos aumente porque há feridos graves.

Al Shail foi o reduto principal da Frente al Nusra, filial síria da Al Qaeda, até que foi expulsa da área pelo EI, que proclamou um califado na Síria e Iraque no final de junho de 2014.

No mês seguinte, os extremistas conquistaram quase toda Deir ez Zor, exceto alguns bairros de sua capital homônima e seu aeroporto militar, em mãos das forças governamentais sírias.

Atualmente, a província é alvo dos bombardeios da coalizão internacional contra o EI, liderada pelos EUA, e da aviação russa e a síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos