Novo embaixador boliviano no Brasil jura seu cargo em La Paz

La Paz, 11 mai (EFE).- O novo embaixador boliviano no Brasil, o ex-ministro de Obras Públicas, José Antonio Kinn, jurou seu cargo nesta quarta-feira em La Paz perante o chanceler da Bolívia, David Choquehuanca.

O ministro das Relações Exteriores pediu que o novo embaixador explique a reivindicação marítima sustentada pela Bolívia contra o Chile na Corte Internacional de Justiça (CIJ) de Haia e defenda a folha de coca por ser um patrimônio cultural do país.

Choquehuanca também pediu que Kinn trabalhe pelos direitos dos emigrantes bolivianos e fortaleça as ações destinadas à "irmandade continental", segundo a agência estatal "ABI".

Kinn foi ministro de Obras Públicas entre 2007 e 2008 e nos anos posteriores também desempenhou como vice-ministro de Transporte, presidente da estatal Administradora de Estradas (ABC) e vice-presidente do diretório da Empresa Nacional de Telecomunicações (Entel).

Kinn assumirá como embaixador no Brasil em substituição de Jerjes Justiniano Talavera, que exerceu o cargo entre agosto de 2012 e fevereiro de 2015.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos