Rebeldes pró-Rússia celebram 2º aniversário da República Popular de Donetsk

Kiev, 11 mai (EFE).- Os separatistas pró-Rússia celebraram nesta quarta-feita com uma passeata e um concerto na cidade de Donetsk o segundo aniversário da autoproclamada república popular de Donetsk (RPD), entidade separatista no leste da Ucrânia.

"Em 11 de maio de 2014 o povo fez sua opção em um referendo que trouxe mudanças históricas. Após superar dificuldades e duras provas, conquistamos o direito de viver em nosso próprio país", ressaltou o líder da RPD, Aleksandr Zakharchenko, em mensagem divulgado pela "DAN", a agência dos separatistas.

Ele destacou que, "apesar da agressão de Kiev", o povo da RPD conseguiu desenvolver seu Estado, abriram novas minas e outras empresas, estabilizaram os preços e começaram a pagar previdência e subsídios sociais.

"Estou convencido que, quaisquer que sejam os empecilhos em nosso caminho, resistiremos, saberemos defender as conquistas do povo e conseguiremos novas vitórias, tanto nas frentes militares como na vida pacífica", disse Zakharchenko.

Há exatamente dois anos, na região da região ucraniana de Donetsk, controlada pelos separatistas pró-Rússia, foi realizado um referendo que teve, segundo seu organizadores, 75% de participação dos habitantes com direito a voto, dos quais 90% apoiaram a criação da RPD.

Os acordos assinados em Minsk em fevereiro de 2015 estabeleceram um cessar-fogo, cuja violação é regular e mutuamente acusada pelos militares ucranianos e pelas milícias pró-russas.

Segundo os últimos dados da ONU, mais de nove mil pessoas morreram nos pouco mais de dois anos do conflito no leste da Ucrânia, entre combatentes e civis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos