Equador expressa respaldo a Dilma e preocupação com situação no Brasil

Quito, 12 mai (EFE).- O governo do Equador expressou nesta quinta-feira sua "profunda preocupação" pela situação política no Brasil e ressaltou seu respaldo à presidente Dilma Rousseff, "legítima depositária do mandato popular".

"O governo do Equador expressa sua profunda preocupação pelos eventos políticos acontecidos na República Federativa do Brasil, que nas últimas horas resultaram na retirada temporária de suas funções da presidente constitucional, Dilma Rousseff", afirma um comunicado oficial da chancelaria equatoriana.

No comunicado, o governo equatoriano "reitera seu decidido respaldo ao povo do Brasil e ao governo constitucional da presidente Dilma, legítima depositária do mandato popular expressado nas últimas eleições democráticas".

A nota lembra que contra Dilma "não pesa, até o momento, uma só acusação que a vincule com a comissão de um crime comum" e expressa seu anseio de que "as atuais circunstâncias sejam pronta e plenamente superadas, no marco do Estado de Direito e do estrito respeito à institucionalidade democrática do Brasil".

Além disso, a chancelaria equatoriana adverte da ameaça que uma "grave alteração da ordem constitucional" no Brasil provoque "profundas consequências" para toda a região.

"O Equador apela à plena vigência e preservação das instituições democráticas e aos valores que a sustentam, assim como aos princípios refletidos no Tratado Constitutivo da Unasul (União de Nações Sul-Americanas), como elementos indispensáveis para a consecução da paz, da justiça e da integração dos povos da América Latina", conclui o texto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos