Governo chileno mostra preocupação com julgamento político de Dilma Rousseff

Santiago do Chile, 12 mai (EFE).- O governo do Chile manifestou nesta quinta-feira sua "preocupação" com a situação do Brasil, onde o Senado aprovou o julgamento político contra a presidente Dilma Rousseff, e a "incerteza" que esta decisão pode gerar em nível internacional por sua relevância no contexto latino-americano.

A chancelaria chilena destacou em comunicado que o Brasil tem uma "histórica relevância econômica, diplomática e cultural para o Chile, incluído o período do governo da amiga presidente Dilma".

"O Chile reafirma seu decidido respaldo ao Estado de Direito, aos processos constitucionais e às instituições democráticas no Brasil e em cada um dos países da América do Sul", destacou o comunicado, no qual o governo chileno ressaltou que "os próprios brasileiros saberão resolver seus desafios internos".

O Senado brasileiro deu hoje sinal verde ao julgamento do impeachment de Dilma, que foi suspensa da presidência pelos próximos 180 dias. Ela será substituída interinamente pelo vice-presidente, Michel Temer, enquanto o congresso decide se a destitui definitivamente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos