Impeachment não é incompatível com bom andamento dos Jogos, afirma Nuzman

Rio de Janeiro, 12 mai (EFE).- O presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, garantiu nesta quinta-feira no Rio de Janeiro que a aprovação da abertura do processo de impeachment contra a já afastada presidente Dilma Rousseff não é incompatível com a boa realização dos Jogos.

"Continuamos com o nosso trabalho normalmente e estaremos trabalhando com aqueles que estiverem à frente dos órgãos responsáveis de cada área", disse Nuzman, que acrescentou que, quando a situação permitir, manterá os "contatos necessários".

Esta afirmação ocorreu durante o evento de apresentação dos uniformes que serão usados pelos funcionários e voluntários durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos em agosto e setembro, respectivamente.

Nesta manhã, após votação no Senado favorável à abertura do processo de impeachment, Dilma foi afastada de suas funções e será substituída pelo vice-presidente Michel Temer, que assume o cargo como interino.

O processo, que tem prazo máximo de 180 dias para ser concluído, manterá Dilma fora do cargo durante a realização dos Jogos Olímpicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos