Kerry diz que corrupção ameaça o mundo mais do que o extremismo

Londres, 12 mai (EFE).- O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, afirmou nesta quinta-feira em Londres que a corrupção representa uma ameaça para o mundo "maior" do que a que representam os extremistas, em declarações feitas dentro da Cúpula Mundial Anticorrupção.

Durante sua participação, Kerry elogiou a "coragem" do primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, ao ter organizado esta conferência internacional, na qual são abordadas medidas práticas para combater a corrupção e onde participam 12 enviados de governos e representantes de mais de 40 países.

O político americano admitiu que lhe havia "surpreendido" o alcance da corrupção em nível mundial desde que assumiu seu cargo na Administração do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

"Estamos travando uma batalha, todos nós. A corrupção perceptível é um inimigo porque destrói Estados, como alguns dos extremistas contra os quais lutamos ou os desafios os quais enfrentamos", disse Kerry.

O chefe da diplomacia americana afirmou que existe o risco de que aumente a ira entre os cidadãos por causa deste problema, "a menos que fechemos a porta e mostremos que existe a justiça no sistema".

Kerry admitiu que na luta contra a corrupção há um "ceticismo" por parte de quem opina que se tenta algo "passageiro" frente aos que, por outro lado, acreditam que esse combate é "um compromisso sério".

"Confio e acredito que está acontecendo uma coisa diferente", afirmou o secretário de Estado americano, insistindo que os países devem mostrar um enfoque de "tolerância zero" em relação à corrupção.

O governo de Londres acredita que os presentes à cúpula assinem a primeira declaração global contra a corrupção e em que haja um compromisso dos países para identificá-la, além de penalizar quem facilite ou seja cúmplice de casos deste tipo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos