Temer assina termo de posse e assume presidência interinamente

Brasília, 12 mai (EFE).- Michel Temer assinou nesta quinta-feira o termo de posse pelo qual assumiu de forma interina a presidência da República, após o Senado decidir abrir um julgamento político que pode levar ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A notificação, assinada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, e entregue pelo primeiro secretário da Casa, Vicentinho Alves (PR-TO), torna Temer chefe do governo por até 180 dias, prazo máximo para o processo do julgamento de Dilma.

Caso a presidente seja condenada, será cassada - e assim Temer cumprirá o mandato que termina em 1º de janeiro de 2019. Se for inocentada, reassumirá o poder.

A notificação foi entregue a Temer dez minutos depois da que chegou às mãos de Dilma. Ambas comunicavam a decisão do plenário do Senado que, por 55 votos a favor e 22 contra, decidiu dar início ao julgamento político.

Segundo Vicentinho, Temer foi "muito receptivo" e compartilhou a notificação com vários de seus possíveis ministros, que serão anunciados nas próximas horas, e entre os quais estavam Henrique Meirelles, favorito para ocupar a pasta da Fazenda, e Eliseu Padilha, cotado para a Casa Civil.

Durante toda a manhã, à espera da notificação, Temer esteve com os membros de seu futuro gabinete e com possíveis integrantes de sua equipe diplomática, como Fred Arruda, que estava no escritório comercial do Brasil em Londres e deve chegar à Assessoria Especial de Assuntos Internacionais.

Arruda ocuparia o lugar do influente Marco Aurélio Garcia, que assessorou os governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff e se distinguiu por sua aproximação com os governos de esquerda da América Latina e com os países africanos.

O novo governo Temer tem o desafio de recompor a base governista no Congresso para conseguir levar adiante projetos de lei que Dilma tentou pôr na agenda legislativa.

Além disso, ele deverá responder à confiança inicial que o mercado financeiro deu a seu possível governo e que vê em Meirelles um comandante para implementar as medidas necessárias que permitam ao Brasil endireitar o caminho de sua economia, que deve neste ano pode terminar com outra contração próxima de 4%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos