Unasul teme que instabilidade no Brasil se transfira à região

Quito, 12 mai (EFE).- A União de Nações Sul-Americanas (Unasul) está preocupada com a possibilidade que as "circunstâncias de instabilidade" que, segundo este organismo, se vivem no Brasil, possam "transferir-se de maneira perigosa à região", disse nesta quinta-feira o secretário-geral do organismo, Ernesto Samper.

Em entrevista coletiva em Quito, sede permanente da Unasul, Samper se pronunciou assim depois que o Senado decidiu abrir um julgamento político contra a presidente Dilma Rousseff, e disse que no país há atores políticos "que estão fazendo política sem responsabilidade política".

Para a Secretaria-Geral da Unasul, acrescentou Samper, esses atores "estão comprometendo a governabilidade democrática da região de uma maneira perigosa".

O representante do bloco sul-americano reiterou que não existem acusações sobre a conduta da governante brasileira e, quanto às "acusações administrativas" feitas contra Dilma, considerou que não justificam "um processo de cassação como o que se iniciou".

Se for aceito que tais acusações têm valor para isso, qualquer presidente poderia ser cassado "por uma simples atuação administrativa que se considere equivocada", comentou.

O ex-presidente da Colômbia, que governou entre 1994 e 1998, declarou ainda que o procedimento aberto no Brasil poderia violar "o princípio de separação de poderes" ao outorgar ao Congresso "a possibilidade de criminalizar atos administrativos".

No Brasil, "maiorias políticas parlamentares, de alguma maneira, desafiaram as maiorias cidadãs que se expressaram de maneira clara" em favor de Dilma, salientou Samper.

Segundo o dirigente da Unasul, na Câmara dos Deputados se expressaram "reivindicações políticas" que não têm cabimento nos requisitos que são necessários para o julgamento de um presidente.

"Nós acreditamos que enquanto este processo seguir adiante ela segue ostentando o título de presidente constitucional do país", disse Samper, que solicitou, em nome da secretária-geral da Unasul que se garanta o direito de defesa da governante e que seja julgada com as garantias próprias de um Estado de Direito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos