União Europeia ressalta que Brasil é e continuará sendo parceiro estratégico

Bruxelas, 13 mai (EFE).- A União Europeia (UE) afirmou nesta sexta-feira que segue de perto a crise política no Brasil após o afastamento da presidente Dilma Rousseff, mas considera que o país "é e continua sendo um parceiro estratégico".

"A UE segue de perto os eventos políticos internos no Brasil", declararam à Agência Efe fontes do bloco comunitário depois que o Senado aprovou a abertura de um processo de impeachment que pode cassar o mandato de Dilma.

"O Brasil é e continua sendo um parceiro estratégico para a UE", acrescentaram, destacando as "boas relações de cooperação e muitos projetos de interesse mútuo" entre o país e o bloco europeu.

A UE e o Brasil cooperam em matéria de segurança e defesa, imigração e luta antiterrorista, entre outras áreas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos