EI toma controle de hospital sírio após confrontos com 26 mortos

Beirute, 14 mai (EFE).- O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) tomou neste sábado o controle do hospital Al-Assad na cidade nordeste síria de Deir ez Zor, após combates contra as forças do regime, que deixaram 26 mortos, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Por enquanto, ainda não se sabe o destino dos médicos do centro de saúde, que foram sequestrado pelos jihadistas após estes tomarem o domínio do lugar, situado no sudoeste da cidade de Deir ez Zor.

Seguidores do EI se infiltraram na zona do hospital, sob o controle dos soldados do regime, que agora cercam o edifício.

Este ataque dos radicais desencadeou combates com as tropas leais ao governo de Damasco nesse área, nas imediações do quartel da Brigada 137 do Exército e na cidade de Al Baguiliya, ao norte de Deir ez Zor, que ocasionaram a morte de 20 partidários do regime e de seis extremistas.

Enquanto isso, explodiram enfrentamentos entre ambas as partes na jazida petroleira de Al Tin, ao oeste de Deir ez Zor, desde onde o EI está tentando avançar para enviar reforços ao hospital Al-Assad.

O EI proclamou um califado no final de junho de 2014, onde tomou partes do norte e do centro da Síria e Iraque.

Ao mês seguinte, conquistou quase toda a província de Deir ez Zor, menos alguns bairros de sua capital homônima e seu aeroporto militar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos