Espanha amplia até 6 de junho prazo para solicitar voto no exterior

Madri, 14 mai (EFE).- A Junta Eleitoral Central (JEC) espanhola acordou ampliar até 6 de junho o prazo para solicitar o voto dos eleitores que vivem no exterior para as eleições gerais de 26 de junho.

Em uma resolução, a JEC estima a proposta do Escritório do Censo Eleitoral para ampliar esse prazo.

"Para favorecer o trâmite de solicitação de voto dos eleitores no exterior, de forma compatível com o envio da documentação eleitoral para o voto nos prazos estabelecidos, fica acordado, com caráter excepcional, a ampliação do prazo de solicitação até na segunda-feira 6 de junho de 2016", aponta a resolução.

Dos 36,5 milhões de espanhóis com direito ao voto nas eleições de 26 de junho, 1.920.256 residem no exterior.

Argentina, França e Venezuela são os três países com mais eleitores espanhóis, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) Espanhol.

A Argentina lidera a lista, com 397.762 eleitores espanhóis; seguida da França, com 198.183 e Venezuela, com 157.365 eleitores.

Cuba também conta com uma nutrida colônia espanhola, com 120.741, e na Alemanha residem 111.513 cidadãos com direito a voto, cerca de 3 mil a mais que os que residem no Brasil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos