Oposição da Venezuela faz novo protesto por referendo revogatório de Maduro

Caracas, 14 mai (EFE).- Centenas de opositores venezuelanos se concentraram neste sábado em uma das ruas de Caracas para exigir das autoridades eleitorais rapidez para responder à solicitação da ativação de um referendo revogatório que permita acabar com o mandato do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

A mobilização que começou às 10h local (11h, em Brasília) no centro da capital venezuelana foi convocada há dois dias pela aliança opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD) como uma medida de pressão popular para que o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) cumpra com rapidez o cronograma estabelecido para a revogação.

"Denunciar é muito importante, aqui não vai haver solução ao drama venezuelano sem consulta ao país, sem consulta ao povo e essa consulta se chama referendo revogatório", disse a jornalistas o secretário-executivo da MUD, Jesús Torrealba, desde a concentração opositora.

O porta-voz da plataforma garantiu que os opositores se manterão nas ruas com mobilizações constantes, "onde o governo menos o espera", até conseguir o referendo revogatório.

Esta, que é a segunda mobilização de opositores nesta semana para pedir rapidez á solicitação, ocorre um dia depois que Maduro anunciou a declaração de um estado de exceção especial que lhe dá "poder suficiente" para fazer frente a um suposto golpe de Estado contra si.

Para Torrealba este estado de exceção tem a ver com "as intrigas que estão ocorrendo dentro do chavismo".

O opositor sustenta que isto tem relação com o referendo e com as premissas estabelecidas na Constituição perante a possível remoção, renúncia ou ausência do chefe de Estado e a possibilidade que ocorra um "madurismo sem Maduro", disse.

A legislação estabelece que se o chefe de Estado for tirado de seu cargo durante os dois últimos anos de seu mandato, será substituído por seu vice-presidente, mas se isto ocorrer na metade de seu mandato, deverão ser convocadas novas eleições.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos