França vai investigar "like" dado por ministro em conta erótica no Twitter

Paris, 16 mai (EFE).- O Ministério do Interior da França afirmou nesta segunda-feira que abriu uma investigação interna pelo "like" dado pelo perfil do Twitter do titular da pasta, Bernard Cazeneuve, em uma conta erótica.

A conta oficial de Cazeneuve deu um "like" em uma foto que mostrava uma jovem com a calcinha abaixada, acompanhada de um falso professor escolar que a acertaria com uma vara.

A imagem curtida pertence a "Capital Punishments", que se define no Twitter como o grupo mais discreto de Londres de simpatizantes de castigos eróticos.

Uma porta-voz do ministério esclareceu que a conta de Cazeneuve no Twitter é administrada por uma equipe, por isso o ministro não estaria envolvido no erro. E confirmou ao jornal "Metronews" que as autoridades estão investigando o ocorrido.

Os internautas não demoraram a batizar o deslize com a hashtag #Fesseegate (#Palmadagate) e contribuíram para divulgar o erro com uma imagem do ocorrido já apagado da conta oficial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos