Combates entre facções rivais deixam 50 combatentes mortos perto de Damasco

Beirute, 17 mai (EFE).- Pelo menos 50 combatentes morreram nesta terça-feira em combates entre facções rivais na região síria de Ghouta Oriental, o principal bastião opositor dos arredores de Damasco, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os enfrentamentos se desenvolvem nas áreas de Al Mazara, Beit Sua e Al Ashari entre o Exército do Islã, por um lado, e a Frente al Nusra (filial síria da Al Qaeda) e seus aliados, como a Legião da Misericórdia e o Exército de Al Fustat.

Com estas vítimas de hoje já chega a 500 o número de milicianos de ambos lados mortos desde que esse conflito começou no final de abril.

O Exército do Islã é a maior organização rebelde da periferia de Damasco, e por trás destes combates há uma luta pelo poder nessa área com as demais facções.

O Observatório destacou que as autoridades sírias aproveitaram esta divisão entre seus adversários para avançar nas últimas semanas e conseguiram retomar o domínio de alguns povoados e fazendas de Ghouta Oriental.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos