Duplo atentado em mercado de Bagdá deixa pelo menos 11 mortos e 37 feridos

Bagdá, 17 mai (EFE).- Pelo menos 11 pessoas morreram nesta terça-feira e 37 ficaram feridas em um duplo atentado com explosivos perpetrado em um mercado de Bagdá, informou o porta-voz do Ministério iraquiano do Interior, o coronel Saad "Ma'an".

Ma'an explicou que uma mulher suicida detonou o cinto com explosivos que levava encostado ao corpo no mercado Arbat Alaf, onde também explodiu uma bomba.

O porta-voz de Interior indicou que esta apuração de vítimas é preliminar e que o número definitivo pode ser mais elevado devido ao grande número de feridos.

O mercado Arbat Alaf está situado no bairro Al Shaab, onde a maioria da população é de confissão xiita.

Também em Bagdá, um carro-bomba explodiu na zona de Al Rashid deixando três mortos e quatro feridos, segundo fontes de segurança consultadas pela Agência Efe.

Até agora nenhuma organização extremista reivindicou estes ataques, mas o Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria de todos os últimos atentados perpetrados em Bagdá e seus arredores.

Em 11 de maio passado, pelo menos 93 pessoas morreram em três atentados em dois bairros de maioria xiita e outro sunita na capital, em uma das jornadas mais sangrentas nos últimos meses no Iraque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos