Senado dos EUA confirma primeiro-secretário do exército abertamente gay

Washington, 17 mai (EFE).- O Senado dos Estados Unidos confirmou Eric Fanning como primeiro-secretário do exército nesta quarta-feira, com o que se transforma no primeiro homem abertamente gay a ocupar a liderança civil de um dos braços das forças armadas.

Os senadores aprovaram a nomeação por unanimidade, após meses de bloqueios e atrasos que se iniciaram com sua indicação por parte da Casa Branca em setembro do ano passado.

"Quero felicitar Eric Fanning por sua confirmação. Eric é um de nossos oficiais mais especializados, dedicados e experientes e tenho certeza que será um secretário excepcional. Sua liderança será um grande ativo para o exército neste importante momento", afirmou em comunicado o secretário de Defesa dos EUA, Ash Carter.

Fanning foi nomeado vice-secretário do exército no ano passado, algo que era visto como um passo prévio para substituir o secretário John McHugh no cargo, que se retirou em novembro.

Fanning tem uma longa carreira em Defesa, foi assistente do secretário da marinha em 2009 e se tornou vice-secretário da força aérea em 2013.

A confirmação de Fanning é uma demonstração da mudança de mentalidade nas forças armadas americanas, que até 2011 mantinham a política tácita de proibir soldados e oficiais de declarar abertamente sua homossexualidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos