Arma usada para matar jovem negro nos EUA recebe oferta de US$ 140 mil

Miami, 18 mai (EFE).- O polêmico leilão na internet da arma com a qual o ex-vigilante George Zimmerman matou em 2012 o adolescente negro desarmado de 17 anos Trayvon Martin recebeu nesta quarta-feira uma oferta final de quase US$ 140 mil, após duas tentativas anteriores fracassadas.

O leilão, realizado no site "UnitedGunGroup", foi encerrado ao meio-dia com uma oferta final de US$ 138,9 mil, pouco antes de estourar o tempo para propostas pela pistola.

A oferta foi feita por um usuário chamado "John Smith", de acordo com o jornal "Orlando Sentinel". No entanto, qualquer referência ao leilão da arma foi apagada do site. Uma pessoa que se identificou como Smith disse ao jornal que sua "oferta não era a sério".

Em comunicado divulgado posteriormente, Zimmerman agradece a Deus pelo sucesso do leilão, que servirá para "arrecadar fundos para várias causas nobres".

Com a palavra "patriotas" no cabeçalho da carta, o ex-vigilante voluntário escreve mais adiante que o "processo de notificação ao comprador começará imediatamente".

"A arma à venda é a que usei para defender minha vida e terminar com o brutal ataque de Trayvon Martin em 26 de fevereiro de 2012", disse Zimmerman, de 32 anos, na descrição que usou para o produto nos três sites de leilão. Segundo ele, comprar a pistola era uma "oportunidade de possuir uma peça da história americana".

O ex-vigilante voluntário foi absolvido em julho de 2013 da morte de Martin porque o júri do tribunal de Sanford (Flórida), onde ocorreu o incidente, aceitou a tese de que Zimmerman agiu em legítima defesa.

A morte do adolescente negro e a posterior absolvição de Zimmerman foi o primeiro de uma série de episódios que reacenderam o debate nacional sobre as relações raciais nos Estados Unidos, como a morte do jovem negro Michael Brown por um policial branco na cidade de Ferguson, no estado do Missouri.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos