José Mujica diz que "Maduro está louco como uma cabra"

Montevidéu, 18 mai (EFE).- O ex-presidente do Uruguai José Mujica (2010-2015) disse nesta quarta-feira que Nicolás Maduro "está louco como uma cabra", em relação à troca de farpas entre o presidente da Venezuela e o atual secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro.

"Tenho grande respeito por Maduro, mas isso lhe exime para que eu não diga que está louco, louco como uma cabra", declarou Mujica à imprensa.

Em seguida, o ex-presidente uruguaio afirmou que Almagro "não é nenhum traidor nem funcionário da CIA", em defesa de seu ex-chanceler, a quem Maduro acusou de fazer parte deste corpo de inteligência dos Estados Unidos.

"Almagro é um advogado, escravo do direito. Eu discordo com Almagro em algumas coisas, mas também discordo com Maduro", comentou.

"Na Venezuela estão todos loucos. Dizem de tudo e assim não vão consertar nada", acrescentou o ex-presidente uruguaio.

Por outro lado, horas antes, Mujica havia criticado a postura de seu ex-chanceler perante a crise na Venezuela e declarou: "Se acabou. Adeus, Almagro".

O presidente venezuelano disse ontem que o titular da OEA é um "agente da CIA" americano que respalda a campanha da oposição venezuelana para convocar este ano um referendo para revogar seu mandato.

Por sua parte, Almagro acusou Maduro de trair seu povo em uma mensagem pública na qual afirma que, se impedir o referendo para revogar seu mandato, será "um ditadorzinho a mais".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos