Aumenta para 42 o número de mortos no Sri Lanka pelas chuvas

Colombo, 19 mai (EFE).- O número de mortos pelas chuvas desde no sábado no Sri Lanka aumentou para 42, enquanto continuam os trabalhos de resgate na busca de sobreviventes, especialmente em três aldeias do centro da ilha arrasadas pelas avalanches de terra que deixaram 134 desaparecidos.

As autoridades manejam o número de 134 desaparecidos, depois que foi especulada a possibilidade de que centenas de pessoas tivessem ficado sepultadas sob o lodo.

Uma fonte do Centro de Gestão de Desastres (DMC) indicou à Agência Efe que o número de mortos já é de 42 e o de feridos de 28, enquanto o número de afetados em toda a ilha é de 418 mil e ao redor de 300 mil tiveram que ser evacuados a lugares seguros.

Os danos em estradas e os problemas de fornecimento elétrico continuam em todo o país, tanto que cerca de 20 mil afetados precisaram ser evacuados hoje de Colombo, segundo indicou à Agência Efe um porta-voz do Exército, o brigadeiro Jayanath Jayaweera.

O presidente do Sri Lanka, Maithripala Sirisena, viajou ontem a Aranayake para se encontrar com as vítimas, às quais prometeu o apoio total do governo.

Centenas de soldados, comandos, engenheiros e médicos do Exército foram desdobrados nas áreas afetadas para socorrer os afetados.

As fortes chuvas no Sri Lanka começaram no sábado passado devido a uma depressão na baía de Bengala que gerou fortes chuvas e vento no centro e o norte do Sri Lanka.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos